janeiro 04, 2011

Por um triz!

Benthoven é um cachorro muito esperto e agitado. Não pode ver uma porta aberta que sai em sua direção para a rua. Fica eufórico!

Pois bem. Certa vez, recebi a visita de um grande amigo que veio trazer-me alguns livros porque estava gripado, corizando. Aqui em casa é assim: há uma porta lateral e a porta que dá acesso para a loja. Benthoven estava juntamente com meus pais dentro da loja e as portas estavam fechadas.

Quando a campainha tocou, fui atender e abri a porta lateral que dá acesso ao primeiro andar. Nenhum problema até agora... porém, meu pai resolveu abrir a porta da loja, talvez por curiosidade para saber que chegara naquele momento e eis que... Bento decidiu "escapulir" para a rua...

Como ele geralmente não faz isso, meu pai saiu em busca do bendito. Eis que ele voltou-se em direção à casa, mas não percebeu que vinha um carro em sua direção. Foi um grito só! O carro havia passado por sobre ele. Ou ele havia "atropelado" o carro? Em questão de segundos, Benthoven saiu chorando em direção a loja em busca de sua dona. Como minha mãe não havia visto o ocorrido, pensou que ele tivesse apanhado e por isso estaria chorando.
Trêmulo, coração acelerado a mil por hora, ele saltitou nos braços de minha mãe que o aconchegou, carinhosamente até que depois de um tempo, ele se acalmou.

Verificamos rapidamente se ele havia se machucado ou quebrado alguma pata, mas felizmente o sangramento foi pequeno. Mesmo assim, Benthoven foi levado ao veterinário e hoje está recuperado e feliz!

Uma das lições que tiro é que, assim como Benthoven, às vezes agimos com a "cabeça dura", achando que conhecemos e sabemos de tudo. Esquecemos dos perigos que nos cercam e, sem pensar, agimos intempestivamente. Contudo, agradeço porque assim como seu dono o acalentou, temos um Deus que cuida de nós, que nos segura em Seus braços de amor, mesmo quando estamos desesperançosos ou fracos, ou até mesmo trêmulos com as incertezas da vida. Ele nos ama tanto que enviou o Seu filho para morrer em nosso lugar!

Pois é, amigos! Benthoven poderia ter morrido naquele momento. Virou até notícia na rádio da cidade! Mas, escapou por um triz! Acredito que não era a hora de partir e o milagre foi realizado, acreditem!

Que possamos estar mais atentos e que possamos descansar em Deus pois Ele tem cuidado de nós!

Por: Hugo Otávio
Data: 04/01/2011


4 comentários:

SpaçAberto disse...

Benthoven :)
ainda bem que ele sobreviveu! \o/
ainda não sei direito como foi que ele atropelou o carro! asuasaushas


Lorrane - @loorizb

Srta. Bibliófila disse...

Fiquei sabendo da história...
Que bom que tudo terminou bem!

Abraço

Bruniele disse...

Esse Bento que não para quietinho...
auhauuahuhaha...
ainda bem que a travessura não terminou mal...
:P

Mente Hiperativa disse...

" Benthoven é um cachorro muito esperto e agitado. [...] Fica eufórico! "

NEM PARECE COM O DONO NÉ!!!!!!!!!
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Gostei tambem da parte 'virou ate noticia na radio', Muito boa essa.

Certa vez, há alguns anos, minha tia-avó apertou o interruptor que abria o portao eletrico da casa, ao inves do interruptor da luz, o resultado foi que Adonis (um doberman que tinhamos lá em casa) fugiu e um carro bateu nele, depois outro. Infelizmente ele não teve a mesma chance que Benthowen e se foi, deixou ane viúva.

Eu acredito que ninguem morre de vespera, so o peru natalino... Cada um vai quando chega sua hora.

Benthowen, abraço, agoniado! Haloperidooooool