maio 13, 2010

A importância do ouvir


São tantas as vezes que queremos expressar nossos pensamentos e opiniões mas nem sequer paramos para analisar o terreno que estamos pisando. Não nego o direito das diferentes opiniões, porém quero retratar um simples fato que esquecemos de praticar durante nossos custosos dias: a dádiva de ouvir. Pois bem, falamos e falamos tanto que mascaramos o suspiro do próximo na tentativa de expormos tudo que achamos conveniente. Será que, de fato, estamos agindo prudentemente? Por que não adentrarmos no ideal alheio e fazermos parte do seu mundo para só assim efetuarmos uma crítica ainda maior e despojada de preconceitos ou ironias?

Pois é...

Para ganhar espaço é preciso a existência do equilíbrio entre saber expor os pensamentos e críticas, como também, desenvolver a simples técnica de captar os sons advindos da mais singela essência humana que se encontra ao seu redor.

Hugo Otávio
Data: 13/05/2010

Um comentário:

Bruniele disse...

O maior ser humano não é aquele que consegue persuadir, mas o que consegue ser detentor da bela arte de OUVIR. Ouvir não é escutar! Ouvir é mostrar parao outro que a fala dele importa. Ouvir é dar um pouco de si sem querer julgar ou apontar falhas. É simplesmente deixar fluir a voz de um discurso, muitas vezes aflito, de um alguém tão único quanto nós mesmos!