dezembro 25, 2010

Ingratidão, o mal de muita gente!


Ingratidão significa a falta de agradecimento, isto é, não valorizar, de certa forma, o que foi recebido de alguém. Escutei uma palavra que me marcou muito: " A ingratidão é o mal do século".
São tantos os males dessa terra, mas um ser ingrato é assustador. É como se tudo que foi feito em prol dele, em seu benefício, para ajudá-lo não tivesse sentido algum. Mas, sei o que você está pensando... Nós não devemos esperar algo de alguém para que possamos ajudá-lo, não é? É sim...
Mas, porque não agradecer por tantas coisas que temos recebido? Ou então, por pequenos gestos que permeiam o nosso dia-a-dia, seja um favor, um serviço prestado, enfim, porque somos tão frios de esquecermos pequenas grandes atitudes?

Pois bem, nunca devemos esquecer do que um dia fomos e daqueles que contribuíram para o nosso crescimento!

A realidade é que o crescimento de muitos encobre o que ficou por trás dos panos, nos bastidores da vida. E isso, porque a ingratidão impera, juntamente com o "esquecimento" da semente que teve que ser plantada, cuidada para que um dia germinasse, crescesse e pudesse produzir frutos.

Por isso, fuja desse mal! A ingratidão é maléfica para todos nós! 

Pense nisso!

Por: Hugo Otavio
Data: 25/12/2010


3 comentários:

Gilson disse...

É a mais pura verdade Hugo. A ingratidão só nos atrapalha.

Feliz Natal

Mente Hiperativa disse...

A ingratidão é horrível mesmo principalmente, ao meu ver, quando ocorre no meio familiar.

Mas como você mesmo disse não se pode/deve deixar de ajudar alguém por ela ser ingrata... Primeiro a gente ajuda, depois espera a gratidão, se vier, ótimo, ase não vier... Paciência.

Mas às vezes cansa esperar e não obter de volta ao menos um reconhecimento ou agradecimento.

Complicado...

Bruniele disse...

Considero que ser grato não é apenas dizer OBRIGADO, mas é também reconhecer o valor do outro e sua contribuição importante em nossa vida! É mto importante saber agradecer...