dezembro 27, 2010

Minha Loucura



Se eu só te quero é porque já enlouqueci...
E a minha insanidade me impede
Que eu conviva a sós comigo sem você
Porque o dia não me deu a graça de te enxergar?
De mirar por entre as brechinhas da minha vontade de te ter
Aquele sorriso que faz o sol nascer
Por aquele céu do teu olhar, iluminando meu viver...

Que o amor venha correndo me abraçar
Antes do inverno chegar
Antes que venha a tempestade
Que ele venha sem demora
Se puder que ele venha agora
Pois minha alma treme para que se faça presente
Que se faça passado e um futuro contente

Os meus sonhos já me rejeitaram
Não querem mais comigo se deitar
Só se forem acompanhados da tua lembrança
Que faz a minha alma suspirar
Mas será...será...
Eu nem sei mais onde fui nem onde vou
Sou guiada pelo vento que me leva ao amor
E por aquela brisa que mexe com o veleiro sem cor
Que faz em meu mar teu abraço de ardor

Seja o rio que desfaz o temporal
O calor que aquece aquele frio desigual
Que vem e torna as vezes...
Mas não e capaz de me deixar sem você
Seja aquele abraço envolvente
Que me embale numa valsa contente
Onde aqueles momentos pequenos
Tão rápidos...tão eternos...
Que deixaram as pegadas bem marcadas
Em cada parte do espaço e do tempo
Em cada pedrinha daquela estrada
Onde a gente caminha junto
E não sente a falta do nada...

Bruniele Souza
26/12/2010

2 comentários:

Mônica Modesto disse...

Lindo o poema!!!!

Bruniele disse...

Meu texto por aki...
Fikei ALEGRE!!
uahuahauhuahuha...
obg meu anjo, pelo reconhecimento!!
bjus