abril 04, 2010

Coincidência ou sorte? De jeito nenhum!


Já ouvi muita gente falar que se algo aconteceu é por mérito do destino, do acaso ou até... da sorte! Na imensa e esmagadora frequência, frases como "Foi o destino que nos uniu", "Com certeza, a sorte te ajudou!", dentre inúmeras que você deve também conhecer, fazem parte do repertório popular. Parei para refletir sobre esses aspectos e verifiquei a veracidade, do meu ponto de vista, dessas afirmações.

De fato, não acredito nem um "tiquim" que, uma vez presentes nesse mundão, sermos envoltos e guiados pela sorte ou o acaso. Em primeira instância porque, minha existência e/ou começo não se firmou por um ímpeto, sem propósitos ou apenas para ser adicionado ao grande contingente populacional. Não, não...

O destino não teria tanto poder assim... Seja para unir pessoas "afins", propiciar êxito em determinada prova ou dificuldade, garantir a felicidade para alguns...

Talvez existam equívocos ou indefinições quando a sorte "bate à porta". Defendo, ferozmente e deliberadamente, a existência de Alguém - pois convivo sempre com Ele - que torna desnecessária toda e qualquer espécie de sorte. Governa sobrenaturalmente todo esse universo e, com o seu sopro, faz do pó da terra a vida e, caso deseje, a retira se preciso for.

Creio piamente que as "coincidências da vida" para alguns oculte a ação das mãos do Onipotente Deus, moldando, tecendo, escrevendo uma história, página por página, capítulo por capítulo, permitindo que nós, seres humanos, venhamos também a fazer parte dessa jornada. Ao escolhermos o caminho o qual seguir, continuamos a percorrer esse trajeto até que... A sorte? O destino? Não mesmo!

Até que Seus planos, já elaborados em Seus pensamentos, mais altos do que os nossos, sejam manifestos.
Coincidência?

Eu diria... providência! De Alguém que nos ama e nos quer bem!

Por: Hugo Otávio
Data: 04/04/2010

3 comentários:

Bruniele disse...

E como isso é presente em nossos dias! Aqueles que confiam no Senhor sempre são guiados pelo seu Espírito...Tudo que nos acontece é fruto do seu penoso cuidado!

Mente Hiperativa disse...

Eu jah escrvi um post sobre a sorte... Que COINCIDENCIA KKKKKK

Juliane Pontes disse...

Nesse caso, Senna, acho que podemos usar a palavra COINCIDÊNCIA! kkkkkk
Mas, num é que é verdade, Huguinho?
Encontrar pessoas especiais mesmo, que vêm a se tornar nossos verdadeiros amigos, não é coincidência. É concerteza PROVIDÊNCIA divina.