abril 07, 2010

Lembrança


"O tempo desgraça muitas almas quando inaparenta não passar tão velozmente como pensamos.

Chegará um tempo em que, quando menos esperarmos, as pessoas que cultivamos em nossos corações e pensamentos, embarcarão em um outro vagão do trem da vida.

Será que ficarão indeléveis nas simples fotografias?
Ou será que ficarão arraigadas para sempre em nossa história?
Tudo depende de nós...

O que temos feito?"

Hugo Otávio

2 comentários:

Bruniele disse...

Seremos sempre aqueles amados com a mesma intensidade que amamos, mesmo que a maneira de amar seja diferente para cada um!

Anônimo disse...

belo,profundo, impactante, penetrante...
Lembranças que nunca sairão da memória...
Uma música que faz lembrar os beijos doces,os carinhos e a felicidade...
Doces lembranças nao se apagam jamais