junho 02, 2010

As limitações da Medicina


Estava assistindo uma aula de cirurgia quando foi feita uma pergunta ao professor sobre o assunto ministrado naquele momento. O estudante queria saber se existia algo determinístico no choque para salvar o paciente em qualquer situação. O professor havia respondido que nada na medicina era taxativo, pois ele já tinha visto pacientes se recuperarem quando para ele não existiria mais solução.

Fiquei pensando depois como a Medicina é limitada, embora a cada dia a ciência e suas aplicações evoluam e expandam a capacidade de solucionar diversos distúrbios orgânicos.

Pensei em como somos pequenos e como há uma grandiosidade do poder de Deus em nos conceder sabedoria para que por meio de nós, vidas possam ser curadas ou aliviadas de seus sofrimentos e, como, nem sempre o prognóstico, ou seja, o juízo médico acerca de uma situação é sempre de acordo com sua perspectiva. Confio na atuação da Medicina. Porém, acredito que ela alcança determinado ponto na escala de solucionar problemas.

O impossível e o improvável, só Deus faz...

Por: Hugo Otávio
Data: 02/06/2010

2 comentários:

Mente Hiperativa disse...

Claro que a medicina é limitada, nós também.

Bruniele disse...

A medicina limitar-se é bom!!!Para que a ciência ENGULA com todas as letras que não é auto-suficiente, para que ela reconheça que é preciso muitas vezes existir o MILAGRE, e que isso não advem de um bisturi!