junho 01, 2010

Ah uma bomba...


Não me considero uma pessoa agressiva, apesar de que todo mundo tem o seu limite, não é mesmo? Vez por outra me dá cada vontade maquiavélica que deixo as idéias perambularem pelos meus pensamentos. O que mais dá vontade é jogar uma bomba em certas pessoas. Calma, calma... Nunca joguei nem sei se um dia jogarei hehehe... Brincadeira...

É que não suporto gente exibida e que ignora sua existência. É tanta "pabulagem", "amostração", mania de querer ser o melhor, ter mais do que todo mundo, e tudo isso... para chamar a atenção. Restringe o grupo, tanto que se forçar bem a visão, há de se perceber um círculo imaginário em volta dessas pessoas arrebitadas.

Passam e não te enxergam e, geralmente te procuram quando querem algo que você possa oferecer para ajudá-las, se é que elas irão te procurar... enfim...
Pessoas assim nunca farão parte do meu rol de amizades e, quer queira ou não, é preciso conviver com elas, mesmo que você nem lembre que elas existem e fazem parte do seu mundinho diário.

É preciso muita paciência, saber driblar e entender que pessoas são diferentes, agem diferente e tem sua maneira de ser. Se boa ou não, não me cabe julgá-las... Julgo sim, criteriosamente, as atitudes pois quando estamos "fechados" para o outro, edificando muros que impeçam o vínculo, muitas vezes perdemos a oportunidade de criar novos amigos e isso pode ser tarde demais lá na frente...

Se bom ou não...

Confesso...

Ah uma bomba... para exterminar de vez com a indiferença e o super-mega-ego!

Por: Hugo Otávio
Data: 01/06/2010

3 comentários:

Mente Hiperativa disse...

Se por acaso cada um jogasse uma bomba em quem não lhe agrada...

O Mundo inteiro já teria sido exterminado, pode ter certeza!

Sendo assim, pratiquemos a tolerância.

Thaisa disse...

Se por acaso cada um jogasse uma bomba em quem não lhe agrada...

O Mundo inteiro já teria sido exterminado, pode ter certeza! [2]

Esse negócio de relações humanaas é muito complexo.

Bruniele disse...

Ainda bem que a gente não é Deus!Imagina!!Já tinhamos destruído o mundo e pessoas que, simplesmente precisam ter uma segunda chance para mudar!