setembro 08, 2010

Vestes de hipocrisia


"Os homens deviam ser o que parecem ou, pelo menos, não parecerem o que não são."

William Shakespeare


Hipocrisia significa fingimento, ou seja, não ser aquilo que aparenta ser. Tomo também a definição para atitudes que demonstram esse tipo maltrapilho de índole. Sinceramente, a hipocrisia, após a soberba, é um dos atributos corrosivos para um ser humano. Em minha pequeníssima opinião, gente desse tipo não merece confiança nem sequer bajulações ("elogios") pois estes corroboram para a "inchação" do indivíduo. Ele cresce, cresce, cresce e não se enxerga! É um fingimento que perdura o tempo inteiro, nutrido pelo que as pessoas não percebem ou mascaram não perceber.

Estou farto de gente assim, corrosivas e hipócritas! Porém, elas já existiram desde os tempos de Jesus. Quem não já ouviu falar acerca dos fariseus? Semelhantes a sepulcros caiados, contudo belos na aparência exterior? Pois bem. Há antídoto para esse tipo de veneno: manter a transparência e integridade, custe o que custar. Os frutos veremos depois...

Por: Hugo Otávio
Data: 08/09/2010

3 comentários:

Mente Hiperativa disse...

Hipócritas são fracos, vazios.

Bruniele disse...

Hipocrisia é semelhante à mentira... Detesto mentira, prefiro que "jogue em minha cara" tudo o que acham acerca das coisas, do que o uso de máscaras...

Mente Hiperativa disse...

Você recebeu um selo "Prêmio dardos", passe lá no blog pra buscá-lo:

http://mente-hiperativa.blogspot.com/2010/09/premio-dardos.html