fevereiro 24, 2010

Amar é...


Quantas vezes amar na vida?
Impossível dizer
Amar é um verbo tão perfeito
Que não nos cansamos de conjugar

Amar significa entrega e retorno
Abandono e reencontro
Longos silêncios ou frases poéticas
Mãos entrelaçadas, vozes sussurradas

Lábios nos lábios
Toques, contatos
Amar é tão imenso quando frágil
É bolha de sabão solta no espaço
Que algum vento maldoso pode carregar

Amar é sem dúvida alguma, se dar
É a forma mais completa de se ofertar
E trilhar as mesmas sendas
É se encantar com as mesmas lendas
Romeu e Julieta, Paolo e Francesca

Amar é fazer troca de um mesmo sentimento
Tendo a certeza de que é único cada momento
e deve ser vivido sem queixumes ou lamentos

Amar é olhar juntos o amanhecer
com olhos no horizonte
É esperar que o céu enrubesça no entardecer
Ao aquecer os corpos amantes

Amar é se encantar com a malícia inocente
Que envolve a ternura de beijos roubados ou trocados
É compor corôas é desfolhar flores,
Espalhando-as pelo corpo do amado

Amar é cantar a vida, é louvar os sonhos
É descobrir que hoje é mais bonito do que ontem
porque agora temos alguém especial ao nosso lado

Amar é se perder no mundo...
a dois.

Desconheço o autor

Um comentário:

Bruniele disse...

E como amo amar...Agradeço a Deus por ter me dado a oportunidade de amar você, meu doce amor...Que Ele cuide sempre de nós!Que possamos Amar de verdade!!