fevereiro 07, 2010

Nunca desista dos seus sonhos!


Considero-me um visitante assíduo do blog Mente Hiperativa e ao ler uma determinada postagem acerca de uma árdua luta sobre uma época de vestibular, parei para relembrar da minha situação durante a época. Vale a pena ler esse texto, clicando sobre o link acima.

Bem...
O despertar para o meu sonho surgiu durante o ano de 2003, finalzinho do segundo ano do ensino médio quando "descobri" que não queria cursar a área de informática, pois detestei diversas disciplinas e resolvi buscar cuidar de gente. Então, sai olhando a lista de cursos disponíveis e que lidassem com pessoas. Foi então que olhei para a Medicina. Confesso que fiquei muito atônito por saber que o curso era bastante concorrido. Na época, após o final do terceiro ano, não consegui ser aprovado no vestibular imediatamente. Fiquei muito triste (quem não ficaria?), mas estava decidido: lutaria até o fim para chegar aonde eu pretendia. A angústia maior era perceber que diversos dos meus amigos haviam sido aprovados, enquanto eu ainda iria caminhar um pouco mais...
Nunca me envergonhei de tentar mais uma vez. Talvez eu acho que me sentiria muito pior caso eu desistisse e não lutasse mais...
Graças a Deus, acredito que um dia o tempo de cantar chega em nossas vidas! Foram alguns anos de persistência, dedicação, lágrimas mas quando plantamos algo no nosso jardim da existência e o regamos com toda garra, vontade e confiamos em Deus, ultrapassamos a linha de chegada!
Não foi fácil... Nada que vale, realmente a pena, o é! Mas... o que antes tinha o gosto amargo, hoje tem um sabor de mel, mesmo nas dificuldades, consegui subir mais esse degrau.
Portanto, nunca desista dos seus sonhos! O maior inimigo é... 
Olhe-se no espelho!
VOCÊ!

Por: Hugo Otávio
Data: 06-02-2010

3 comentários:

Juliane Pontes disse...

É. Nunca desista dos seus sonhos!
Quando a noite termina, o sol nasce! E "Agradável é aos olhos ver o sol!"
bj!

Mente Hiperativa disse...

Kero participação nos lucros... anda citando meu nome aí... iueheiuhe

lorranebia disse...

Gostei Hugooo :D

Um texto bem propicio pro meu momento!

Paaz