fevereiro 26, 2010

[FILME] Substitutos


Num futuro no qual os homens vivem isolados e se comunicam por meio de robôs, dois agentes do FBI, investigam o assassinato misterioso de um estudante. O crime está ligado ao homem que ajudou a criar os Substitutos, cópias robóticas de seres humanos.

Para quem assitiu ao filme "AVATAR", achará o ambiente favorável à comunicação entre o homem e máquina.

O filme abordará questões de como a tecnologia poderá influenciar maciçamente no modo de vida das pessoas, tornando-as cada vez mais ilhadas e dependentes de máquinas para tudo que necessitam, a tal ponto de não mais vivenciarem "elas mesmas", suas próprias realidades.

No entanto, a despeito de AVATAR, o qual retrata a figura de um personagem principal deficiente das pernas, após adentrar na virtualidade, torna-se hábil e competente para a realização de qualquer atividade que venha a fazer uso delas.

Até que ponto vale a pena ter um substituto robótico? Será válido o uso de robôs para permitir ao ser humano, detentor de alguma deficiência física, a satisfação de viver "plenamente sua vida"? Não seria essa realidade virtual um escape da humanização em detrimento da robotização e exacerbação tecnólogica?

Terá uma máquina capacidade de expressar os sentimentos inerentes ao indivíduo "carnal"?

Assista ao filme e tire suas próprias conclusões.

Por: Hugo Otávio
Data: 26/02/2010

Um comentário:

Bruniele disse...

uau!!!O filme é mto interessante...mas será q num futuro próximo estaremos em uma mesma situação?Talvez não sejam "robôs" de ferro, mas poderão ser seres humanos que não terão mais sentimentos uns pelos outros, a frieza poderá cobri-los por completo e serão cada vez mais auto-suficientes...