janeiro 28, 2010

[POESIA] Valsa vida






Minha vida não foi um romance...
Nunca tive até hoje tantos segredos.
Se me amas, não digas, que morro
De surpresa... de encanto... de medo...

Minha vida não foi um romance
Minha vida passou... deixando cicatrizes no interior...
Se não amas, não finjas, que vivo
Esperando um amor para amar.

Minha vida não foi um romance...
Pobre vida... passou sem enredo...
Glória a ti que me enches a vida
De surpresa, de encanto, de medo!

Minha vida não foi um romance...
Ai de mim... Já se ia acabar!
Pobre vida que toda depende
De um sorriso... de um gesto... um olhar...



[adaptada]

2 comentários:

PSY disse...

Gostei , que é o autor?

Bruniele disse...

Nossa...Muito poética...meio melancólica, mas vale assim msm!!ehehhe...bjinhos